Gestão de tempo: Planear e organizar

No mundo acelerado de hoje, a gestão eficaz do tempo é uma habilidade essencial para o sucesso pessoal e profissional. Neste artigo, exploraremos estratégias práticas para maximizar a produtividade e minimizar o estresse através de uma abordagem inteligente à gestão do tempo.

Gestão de tempo : organizar e planear o seu dia para ser mais produtivo optimizando o seu tempo .

  1. Priorize suas Tarefas:
    Identifique as tarefas mais importantes e urgentes e dedique tempo a elas primeiro. Use técnicas como a Matriz de Eisenhower para classificar suas tarefas com base na importância e na urgência.
  2. Estabeleça Metas Claras:
    Defina metas específicas e mensuráveis para orientar suas atividades diárias. Isso ajuda a manter o foco e a direção, garantindo que você utilize seu tempo de forma produtiva.
    • Utilize Técnicas de Gestão de Tempo:
      Experimente técnicas como a Técnica Pomodoro, onde você trabalha por períodos concentrados de tempo seguidos por breves pausas. Isso pode ajudar a manter a concentração e a evitar a procrastinação.
  3. Evite a Sobrecarga de Informações:
    Limite o tempo gasto em atividades não produtivas, como navegar nas redes sociais ou verificar constantemente o e-mail. Estabeleça períodos específicos para lidar com essas tarefas e evite distrações sempre que possível.
  4. Aprenda a Dizer Não:
    Seja realista sobre suas capacidades e aprenda a dizer não a solicitações que não se alinham com suas prioridades. Isso ajuda a proteger seu tempo para as atividades que realmente importam.
  5. A gestão eficaz do tempo é uma habilidade fundamental para alcançar o sucesso em todas as áreas da vida. Ao priorizar tarefas, estabelecer metas claras, utilizar técnicas de gestão de tempo, evitar sobrecargas de informações e aprender a dizer não, você pode dominar o relógio e alcançar seus objetivos com eficiência e sem estresse.
  6. Como isso soa para você? Alguma mudança ou adição que gostaria de fazer?
Gestão de tempo

Locais a visitar em Coimbra

Coimbra, uma cidade histórica situada no coração de Portugal, encanta visitantes com sua rica herança cultural e arquitetónica. Se está a planear uma visita a esta jóia portuguesa, este roteiro destacará alguns dos locais mais notáveis, garantindo uma experiência memorável.

Locais a visitar em Coimbra

Universidade de Coimbra

Embarque em uma jornada encantadora por Coimbra, cidade histórica no coração de Portugal. Comece sua exploração na Universidade de Coimbra, um Patrimônio Mundial da UNESCO, onde a Biblioteca Joanina, repleta de livros raros, e a magnífica Capela de São Miguel oferecem um vislumbre da grandiosidade acadêmica.

Do universo acadêmico, dirija-se ao Convento de Santa Clara-a-Velha, fundado no século XIV, revelando a fascinante história religiosa de Coimbra. Perambule pelos claustros, desfrutando da serenidade e da panorâmica vista do rio Mondego, que proporciona uma visão única da espiritualidade da cidade.

A próxima parada é o Mosteiro de Santa Clara-a-Nova, um exemplar impressionante da arquitetura manuelina. Explore o túmulo de Rainha Santa Isabel e mergulhe na história através do museu adjacente, descobrindo os vestígios de um passado rico.

Para uma pausa tranquila, o Jardim Botânico da Universidade de Coimbra aguarda com sua coleção diversificada de plantas globais. Navegue por caminhos tranquilos e aprecie a serenidade deste oásis verde, conectando-se com a natureza.

A Praça do Comércio, coração pulsante da cidade, oferece uma experiência vibrante. Repleta de cafés e lojas, esta praça é enriquecida pelo Arco de Almedina, uma entrada medieval preservada, que transporta os visitantes a uma viagem no tempo, desvendando a história das muralhas da cidade.

Finalize seu roteiro no Parque Verde do Mondego, um extenso espaço verde ao longo das margens do rio. Ideal para caminhadas contemplativas, piqueniques ou atividades ao ar livre, proporcionando um encerramento perfeito para sua visita.

Ao explorar esses “locais a visitar em Coimbra”, absorva a riqueza cultural e histórica que a cidade oferece. Das universidades centenárias aos jardins serenos, Coimbra é uma mistura única de tradição e beleza, ansiosa para ser descoberta por cada visitante.

3 melhores monumentos em Lisboa

Lisboa é uma cidade rica em história e cultura, repleta de monumentos fascinantes. Vamos explorar os três melhores monumentos em Lisboa que você não pode deixar de visitar:

Monumento 1 – Mosteiro dos Jerónimos:

Este icônico mosteiro manuelino é um dos marcos mais emblemáticos de Lisboa. Sua arquitetura impressionante e detalhes ornamentados atraem visitantes de todo o mundo. Localizado em Belém, o Mosteiro dos Jerónimos é um testemunho da Era dos Descobrimentos de Portugal e abriga os túmulos de figuras históricas como Vasco da Gama e Luís de Camões1.

Monumentos em Lisboa: Mosteiro dos Jerónimos

Monumento 2 – Torre de Belém:

Situada às margens do Rio Tejo, a Torre de Belém é um símbolo da exploração marítima portuguesa. Construída no século XVI, servia como uma fortaleza defensiva e um farol para os navegadores. Sua arquitetura manuelina e a vista panorâmica do topo fazem dela uma parada imperdível para os turistas2.

Monumento 3 – Castelo de São Jorge:

Localizado no coração do bairro de Alfama, o Castelo de São Jorge oferece vistas deslumbrantes da cidade. Este castelo medieval remonta ao século XI e é um lugar fascinante para explorar. Além das muralhas e torres, o castelo abriga um museu que conta a história de Lisboa e seus habitantes3.

Explorando os Mistérios e Maravilhas do Amor

Explorar os mistérios e maravilhas do amor é uma jornada pessoal e contínua. Cada relacionamento e experiência de amor é única, e a compreensão do amor pode evoluir ao longo da vida.

Introdução

O amor é uma das experiências humanas mais profundas e complexas. Desde tempos imemoriais, filósofos, poetas, cientistas e artistas tentaram capturar sua essência e compreender seu poder. O amor transcende fronteiras culturais e temporais, e é uma força que molda nossas vidas de maneiras inúmeras e fascinantes. Neste artigo, vamos explorar os mistérios e maravilhas do amor, investigando suas origens, suas formas variadas e seu impacto na sociedade e na psicologia humana.

A Origem do Amor

A origem do amor é um tópico de debate contínuo. Alguns acreditam que o amor é inato, enquanto outros argumentam que é uma construção social. É provável que a verdade esteja em algum lugar no meio. A biologia desempenha um papel fundamental no amor, com hormônios como a oxitocina e a dopamina desempenhando um papel na criação de ligações emocionais. No entanto, a influência da cultura, da educação e das experiências de vida não pode ser subestimada. A maneira como o amor é concebido e vivenciado varia enormemente entre as culturas e as épocas.

As Múltiplas Faces do Amor

O amor assume diversas formas e manifestações. Aqui estão algumas das mais proeminentes:

  • Amor Romântico: Este é o tipo de amor frequentemente retratado em filmes e livros, caracterizado por atração física e emocional entre parceiros. Envolve paixão, intimidade e compromisso.
  • Amor Platônico: Este tipo de amor é não romântico, muitas vezes caracterizado por uma conexão profunda e emocional, mas não necessariamente física. Pode ser amizade pura e duradoura.
  • Amor Familiar: O amor entre membros da família desempenha um papel crucial na formação de nossas identidades e apoio emocional. Pode ser maternal, paternal, fraternal e mais.
  • Amor Próprio: O amor por si mesmo é essencial para o bem-estar emocional. Desenvolver uma autoestima saudável é um componente importante do amor próprio.

O Impacto do Amor na Sociedade e na Psicologia Humana

O amor tem um profundo impacto na sociedade e na psicologia humana. Relacionamentos amorosos saudáveis ​​contribuem para o bem-estar emocional e a felicidade, enquanto relacionamentos prejudiciais podem ter o efeito oposto, causando dor e sofrimento. O amor também influencia a tomada de decisões, a empatia e a compaixão, desempenhando um papel central na construção de sociedades coesas.

Na psicologia, o amor é objeto de estudo em várias disciplinas, como a psicologia do desenvolvimento, a psicologia social e a psicologia clínica. Compreender o amor é essencial para ajudar as pessoas a lidar com questões emocionais e relacionamentos disfuncionais.

two people standing near tree

Conclusão

O amor é uma força mágica que permeia a experiência humana. Sua complexidade, diversidade e impacto na sociedade e na psicologia humana o tornam um tópico de interesse perene. À medida que continuamos a explorar os mistérios e maravilhas do amor, podemos aprender a nutrir relacionamentos saudáveis, promover o bem-estar emocional e celebrar essa força que nos une a todos, independentemente de nossa cultura, língua ou origens. O amor é uma parte fundamental da experiência humana, e sua importância nunca deve ser subestimada.

silhouette of man and woman kissing during sunset
pink pig figurine on white surface

Cheque Formação Digital: Faça a sua candidatura e ganhe 750€

Numa era onde a digitalização é uma inevitabilidade e não uma opção, Portugal dá um passo significativo com o Cheque Formação Digital para garantir que os trabalhadores estão equipados com as competências necessárias para enfrentar os desafios da revolução digital.

Com o lançamento do Cheque Formação + Digital, o governo demonstra um compromisso com a formação e requalificação do seu povo.

A medida, anunciada como parte do Programa Emprego + Digital, não é apenas uma promessa de subsídio; é um convite para os trabalhadores mergulharem no mundo digital, abrindo caminho para um mercado de trabalho cada vez mais dependente da tecnologia.

Com um valor impressionante de até 750€, os trabalhadores têm a oportunidade de se especializar em áreas vitais, como cibersegurança, tratamento de dados e, claro, marketing digital.

Não é apenas um cheque; é uma passagem para o futuro.

Quem são os destinatários do Cheque formação digital

Esta medida destina-se a:

  • Trabalhadores de uma empresa/entidade empregadora (trabalhadores por conta de outrem);
  • Trabalhadores Independentes com rendimentos empresariais ou profissionais;
  • Empresários em Nome Individual;
  • Sócios de Sociedades Unipessoais.
  • IMPORTANTE: Desempregados e funcionários públicos não são elegíveis.

Um futuro onde a capacitação digital não é apenas desejada, mas essencial.

Para os trabalhadores, é a oportunidade de se reinventar, de encontrar novas oportunidades e de garantir a sua relevância na economia moderna.

APROVEITE A OPORTUNIDADE: TUDO SOBRE O CHEQUE FORMAÇÃO +DIGITAL

Para muitos, a transformação digital pode parecer avassaladora, mas o Cheque Formação + Digital é a ponte que facilita essa transição.

E o melhor?
O programa é acessível a uma vasta gama de trabalhadores e empreendedores em Portugal.
Se é um trabalhador com desejo de aprimorar as suas competências no mundo digital ou um empresário em nome individual ansioso por impulsionar o seu negócio no panorama digital, esta é a sua oportunidade.

Então, como pode beneficiar deste programa?

cheque formação digital

As candidaturas são realizadas mediante um regime aberto.
Mas atenção!
As aprovações serão limitadas pelo orçamento disponível.

Assim, o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) assume a responsabilidade crucial de gerir o programa, garantindo que os recursos sejam distribuídos de forma justa e eficaz.

Se está a questionar-se sobre a natureza dos cursos, tem várias opções

Marketing MBA Sprint

Curso Marketing Digital

Curso SEO

Curso Email Marketing

Academia Digital

Significa que pode esperar uma combinação perfeita de aprendizagem presencial e online.

Uma maneira holística de se adaptar ao mundo digital!

As candidaturas para o Cheque de Formação Digital

As candidaturas para o Cheque de Formação Digital devem ser feitas através do portal do iefponline (https://iefponline.iefp.pt). O processo de candidatura envolve o preenchimento de um formulário eletrónico e a apresentação de documentos que comprovem a elegibilidade do candidato, como comprovativos de não ter dívidas às Finanças e à Segurança Social.

Prepare a sua candidatura ao Cheque Formação + Digital

O Cheque Formação + Digital é mais do que uma iniciativa; é um compromisso do governo português com o futuro da nação.

Num mercado em rápida transformação, capacitado pelas maravilhas da tecnologia, cada trabalhador tem agora a oportunidade de se destacar, de se capacitar e de garantir um lugar na economia digital.

Não fique para trás.

A era digital espera por si, e com o Cheque Formação + Digital, está pronto para aceitar o seu desafio. Capacite-se, inove e prepare-se para um futuro brilhante no mercado digital.

Para mais informações, clique aqui e explore o regulamento. Ou junte-se ao grupo de Facebook para dúvidas e esclarecimentos. A sua jornada digital começa agora!

EasyJet lança 13 novas rotas a partir de Lisboa graças aos ‘slots’ que eram da TAP: veja quais são

A EasyJet ganhou o concurso para ficar com os 18 slots diários (faixas horárias para descolagem e aterragem) da TAP e, graças a isso, anunciou, esta quarta-feira, 13 novas rotas e o reforço para oito destinos a partir de Lisboa.

Em comunicado, a companhia aérea britânica de baixo custo indica que “irá basear mais três Airbus A321neo, o maior avião da companhia, na sua base em Lisboa, o que permitirá à companhia aérea lançar 13 novas rotas e reforçar a sua capacidade para oito destinos, passando a operar para 10 países”.

As novas rotas estão disponíveis a partir do último trimestre do ano e os bilhetes estarão à venda a partir de 18 de agosto. A EasyJet passará assim a voar para Barcelona, Bilbao, Furteventura, Grande Canária, Tenerife Sul e Valência (Espanha), Marselha, Toulouse e Limoge (França), Birmingham (Reino Unido), Zurique (Suíça), Milão Bergamo (Itália) e Marraquexe (Marrocos).

Entre os destinos que saem reforçados incluem-se Porto Santo (Madeira), Milão Malpensa (Itália), Madrid (Espanha) e várias cidades em França.

“Além disso, o avião neo contribuirá para tornar as operações da easyJet em Lisboa mais sustentáveis, reduzindo o consumo de combustível em 15% e o ruído durante a descolagem e a aterragem em 50%”, indica ainda a nota da companhia aérea.

José Lopes, responsável da EasyJet em Portugal, realça que no final de 2022 a companhia terá “19 aeronaves baseadas em Portugal, o que permitirá transportar mais de 10 milhões de passageiros por ano”.

A EasyJet reforçou-se em Portugal graças à atribuição dos 18 slots diários que pertenciam à TAP. Em causa está o aval dado pela Comissão Europeia, em 21 de dezembro de 2021, ao plano de reestruturação da TAP e à ajuda estatal de 2550 milhões de euros para permitir que o grupo regressasse à viabilidade, impondo para isso compromissos de forma a não prejudicar a concorrência europeia.

Um dos compromissos impostos por Bruxelas para aprovar o plano de reestruturação era a disponibilização de até 18 slots por dia no aeroporto de Lisboa.

Caos está mais ordenado? Aeroporto de Lisboa ainda tem 3000 malas ‘perdidas’

Começou a haver mais ordem no caos, mas o problema está longe de estar resolvido. O cheiro fétido que por vezes saía de uma das centenas de malas amontoadas nas zonas de recolha de bagagem um pouco por todos os aeroportos do mundo, associado às imagens de longas filas de passageiros à espera de serem reencaminhados para novos voos, após cancelamentos de última hora, obrigou as companhias a agirem.

A urgência de mudança é grande, e na última semana as imagens de caos que encheram o espaço mediático nos primeiros dias de julho atenuaram-se bastante. As companhias aéreas meteram travão a fundo, mudaram de estratégia e ajustaram a oferta. E o número de voos cancelados reduziu-se substancialmente.

Bolsa de Lisboa abre a subir 0,51%

A Bolsa de Lisboa abriu esta sexta-feira em terreno positivo, com o índice PSI (Portugal Stock Index) a subir 0,51%, para os 5.781,14 pontos.

Minutos mais tarde, cerca das 09:10 em Lisboa, o PSI avançava 1,42% para 5.835,74 pontos, com 14 ‘papéis’ a subirem e uma a manter a cotação (Semapa em 13,30 euros).

Às ações da Greenvolt e da Altri seguiam-se as do BCP e da Mota-Engil, que se valorizavam 2,02% para 0,14 euros e 1,68% para 1,21 euros.

As ações dos CTT, Sonae e Navigator eram outras das que mais subiam, designadamente 1,67% para 3,05 euros, 1,47% para 1,11 euros e 1,42% para 3,85 euros.

As ações da Jerónimo Martins, EDP Renováveis e EDP também subiam mais de 1%, já que estavam a avançar 1,39% para 20,48 euros, 1,28% para 23,80 euros e 1,02% para 4,57 euros.

As cotações das outras quatro ações que subiam registavam acréscimos da cotação entre 0,40% e 0,91%.

Europa alinhada

As principais bolsas europeias também negociavam em alta, mas receosas com a possibilidade de uma recessão mundial e com o desfecho da crise em Itália.

Cerca das 08:55 em Lisboa, o EuroStoxx 600 subia 0,73% para 409,38 pontos.

As bolsas de Londres, Paris e Frankfurt avançavam 0,68%, 0,39% e 1,09%, bem como as de Madrid e Milão, que se valorizavam 1% e 1,01%, respetivamente.

Depois de abrir em alta, a Bolsa de Lisboa mantinha a tendência, estando cerca das 08:55 o principal índice, o PSI, a subir 1,31% para 5.827,43 pontos.

Os investidores temem que as pressões inflacionistas obriguem os bancos centrais a acelerar o ritmo das subidas das taxas de juro, aumentando assim o risco de recessão.

Na quarta-feira, soube-se que a taxa de inflação homóloga nos EUA em junho acelerou para 9,1%, um novo máximo em 40 anos.

A inflação nos Estados Unidos manteve a tendência ascendente e em junho atingiu 9,1%, uma taxa não registada desde 1981 e alimentada, como vem sendo habitual nos últimos meses, pelo encarecimento da energia e dos alimentos.

Depois desta taxa de inflação em junho nos EUA é natural que a Reserva Federal dos EUA (Fed) intensifique o ritmo da subida das taxas de juro para tentar travar a procura e adaptá-la à oferta, referiram analistas da Renta 4, citados pela Efe.

Entretanto, no atual cenário de elevada incerteza, o euro continuou a cair face ao dólar para mínimos desde 2001 e voltou a ser negociado abaixo da paridade na quinta-feira e terminou a sessão a 0,9991 dólares.

No outro lado do Atlântico, Wall Street terminou mista na quinta-feira, com o Dow Jones a cair 0,46% para 30.630,17 pontos, contra o máximo desde que foi criado em 1896, de 36.799,65 pontos, registado em 04 de janeiro deste ano.

O Nasdaq fechou a valorizar-se 0,03% para 11.251,19 pontos, contra o atual máximo, de 16.057,44 pontos, verificado em 16 de novembro do ano passado.

A nível cambial, o euro abriu em alta no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,0013 dólares, mas depois de ter terminado na quinta-feira abaixo da paridade, a 0,991 dólares, um mínimo desde 2002.

O barril de petróleo Brent para entrega em setembro abriu em baixa no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, a cotar-se a 98,99 dólares, contra 99,10 dólares na quinta-feira.

Notícia atualizada às 9H33

Aeroporto de Lisboa: “Não vamos contribuir para o debate da escolha da localização”, afirma Arnaut, ‘chairman’ da ANA

O presidente do conselho de administração da ANA, José Luís Arnaut, questionado repetidamente pelos deputados sobre a solução proposta na semana passada pelo ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, para as futuras infraestruturas aeroportuárias de Lisboa, num despacho depois revogado pelo primeiro-ministro, tem recusado tomar uma posição.

“Somos uma parte da solução, mas não é a nós que compete a solução, não vamos contribuir para o debate da escolha da localização, que um dia é esta e no outro dia é outra. Enquanto não houver decisão não podermos responder até onde vão as necessidades das futuras localizações”, afirmou José Luís Arnaut, numa audição na Assembleia da República.

José Luís Arnaut sublinhou ainda: “Não vamos falar sobre cenários hipotéticos”. E recusou-se a comentar o despacho revogado. “Não vou comentar um despacho que está revogado. Seria um exercício especulativo”. E afirmou também que foi desmentida pela ANA a notícia de que construiria o futuro aeroporto em Alcochete se o contrato de concessão fosse prolongado por 25 anos. “O alargamento [do contrato de concessão] não foi objeto de negociações com o concedente [o Estado]”, esclareceu.

Já o presidente executivo, Thierry Ligonnière, também presente na audição, deixou claro, a propósito do investimento em futuras soluções aeroportuárias, que o risco de tráfego é partilhado entre a ANA e o Estado. “A ANA faz o investimento à cabeça e depois recupera o investimento ao longo do tempo da concessão. Há uma variável prevista no contrato de concessão, [que diz que a] partilha de risco de tráfego se faz entre o concedente e o concessionário”, explicou o gestor.

A ANA, assegurou José Luís Arnaut, está disponível para “colaborar para que a decisão que for tomada seja a melhor para o país”.

“Eu sei que Portugal é o país de especialistas de aeroportos, todos são especialistas de aeroportos, eu acho que muitos deles não fizeram aeroportos nem de legos, portanto, é um desporto nacional”, afirmou. E salientou o conhecimento da ANA nesta matéria, dizendo que a francesa Vinci, dona da concessionária, é o a terceira maior empresa de gestão aeroportuária do mundo.

Mais de 40 voos cancelados este domingo no aeroporto de Lisboa

Os constrangimentos em vários aeroportos europeus e greves em companhias aéreas como a Ryanair têm estado a provocar o caos em diversos aeroportos.

Terão sido, pelo menos, 65 os voos cancelados este sábado com destino e origem no aeroporto de Lisboa. Os números são da ANA, num comunicado enviado à Lusa. Durante a tarde os cancelamentos aumentaram de 32 para 65. Mas a situação repete-se, com doses ainda maiores de cancelados, um pouco por todo o mundo com 600 voos cancelados nos EUA e centenas em Madrid e Paris.

De acordo com a empresa que gere os Aeroportos de Portugal, mais de 40 voos vão ser cancelados este domingo (pelo menos 23 chegadas e 18 partidas).

A informação da ANA mais recente avançada este domingo pelas 14 horas estima que sejam cancelados 22 voos com destino e partida de Lisboa- 11 chegadas e 11 partidas- no Aeroporto Humberto Delgado, apontando como uma das causas para esta situação os “constrangimentos” registados em vários aeroportos internacionais.

Neste contexto, e como já havia aconselhado a ANA aconselha “os passageiros com voo marcado para este domingo, dia 3 de julho, para contactarem as companhias aéreas antes de se deslocarem para o aeroporto”.

“Devido a um conjunto de constrangimentos em vários aeroportos europeus, estão previstos [para sábado] 65 voos cancelados – 40 chegadas e 25 partidas”, informou a ANA. Neste âmbito, “o aeroporto de Lisboa implementou medidas para apoiar as companhias aéreas, nomeadamente a instalação de balcões móveis suplementares para reagendamento de voos”, afirma a empresa concessionária dos aeroportos, indicando que foram também reforçadas as equipas de apoio aos passageiros e distribuição de águas.

Há ainda outra razão a ser invocada. O incidente com um jato privado e consequente encerramento da pista no aeroporto de Lisboa, na sexta-feira, terá afetado e fez divergir para outros aeroportos muitos voos da TAP, disse à Lusa fonte oficial da transportadora aérea.

“A pista no aeroporto de Lisboa não esteve operacional durante algumas horas na sexta-feira, 01 de julho, à tarde, devido a um incidente com um jato privado. Em consequência, muitos voos da TAP foram afetados e divergiram para outros aeroportos”, afirmou a fonte da TAP.

“Aconselhamos os passageiros com voo marcado a contactarem as companhias aéreas”, indicou a ANA. Em causa estão, segundo informações recolhidas no referido ‘site’, voos com destino várias cidades europeias, mas também a Filadélfia, Acra, Dakar, Porto Santo e Varadero.

O aeroporto do Porto, por outro lado, registou este sábado o cancelamento de uma partida com destino a Amesterdão e de duas chegadas.

Os cancelamentos de voos aliados ao aumento da procura têm gerado a criação de longas filas nos aeroportos, com muitos passageiros a queixarem-se das horas perdidas à espera da bagagem e a reportarem o facto de apenas conseguirem recuperar as malas dias depois de terem chegado.

Greves na Europa

Na Europa, os atrasos e cancelamentos são provocados sobretudo por greves, seja de funcionários de aeroportos, seja de companhias aéreas. Em Paris, a greve de trabalhadores cancelou dezenas de voos no aeroporto de Paris Charles de Gaulle (CDG), enquanto em Madrid 15 voos foram cancelados e outros 175 sofreram atrasos devido a greves na EasyJet e Ryanair.

Os funcionários dos Aeroportos de Paris (ADP), grupo controlado maioritariamente pelo Estado, e os subcontratados associaram-se ao movimento de contestação social intersindical, de acordo com a direção. Os cancelamentos afetaram um voo em cada cinco entre as 7h00 e as 14h00 de hoje nas chegadas e partidas do Paris CDG, contra um voo em cada seis na quinta-feira e na sexta-feira. Isto representa 150 voos suprimidos em 1.300, de acordo com um porta-voz do grupo ADP.

O outro grande aeroporto de Paris, Orly, não foi afetado pela greve. As negociações salariais não foram concluídas na sexta-feira e a mesa negocial permanece aberta, disse o porta-voz do ADP.

Em Madrid, pelas 13h locais, cinco voos da companhia de baixo custo EasyJet e 10 voos da também ‘low cost’ Ryanair tinham sido cancelados e 175 outros sofreram atrasos, dos quais 52 da easyJet e 123 da Ryanair, segundo números avançados pelos sindicatos em comunicado.

Na Ryanair, os representantes do sindicato espanhol USO já anunciaram três novos períodos de greve, de quatro dias cada: de 12 a 15 de julho; de 18 a 21 de julho; e de 25 a 28 de julho, nos 10 aeroportos espanhóis onde a companhia irlandesa opera. A greve na Ryanair pretende obter melhores condições de trabalho para os 1.900 assistentes de cabine da companhia em Espanha. Já o pessoal de cabine da easyJet reivindica um alinhamento das suas condições de trabalho com as dos seus colegas no resto da Europa.

Feriado e férias nos EUA

Os EUA estão em fim-de-semana alargado, com o feriado de 4 de julho e início de férias, pelo que este sábado foram cancelados 600 voos até meio do dia. Os dados constam do ‘site’ flightaware.com e estão a ser citados pela agência AFP.

A situação foi ainda pior na sexta-feira, segundo o mesmo ‘site’ especializado, que na sexta-feira registou cerca de 3.060 voos cancelados e quase 8.000 atrasos.

Esta situação está associada a uma redução de pessoal em cerca de 15% nas companhias aéreas dos Estados Unidos face ao período anterior à pandemia de covid-19.

As empresas do setor dizem estar a trabalhar para resolver o problema, intensificando as campanhas de recrutamento de pilotos e de outras categorias de pessoal e reduzindo o número de lugares disponíveis para os passageiros.

Os funcionários das companhias aéreas mencionam outros fatores externos agravantes, em particular climáticos ou devido à covid-19.

Numa publicação na rede social Twitter, o secretário dos Transportes dos Estados Unidos, Pete Buttigieg, lembrou este sábado os passageiros de que estes têm direito a um reembolso em caso de cancelamento do voo.

A notícia foi atualizada às 14 h e 48 minutos